Intercâmbios internacionais

Nos cursos de mestrado no Brasil, não existe a figura do “estágio sanduíche internacional”. O período de pesquisa sanduíche é reconhecido apenas durante o doutorado. A CAPES oferece bolsas de estágio sanduíche internacional apenas durante o doutorado. Os mestrandos bolsistas da CAPES devem cancelar a bolsa em caso de mudança para o exterior.

No entanto, intercâmbios internacionais são também possíveis no mestrado, caso a pesquisa no exterior possa contribuir com a formação e a dissertação do mestrando. O mestrando pode buscar cursos no exterior próximos à sua área de pesquisa, sendo possível financiamento próprio, financiamento da universidade no exterior ou outras fontes e agências internacionais. O mestrando possui autonomia nessa busca, segundo sua disponibilidade e interesse. O orientador pode oferecer aconselhamento sobre áreas de estudo e universidades.

A Secretaria de Relações Internacionais da UFSC oferece algumas oportunidades de pesquisa no exterior com universidades conveniadas ou divulga informações de outras universidades:

http://sinter.ufsc.br/

http://oportunidadesinternacionais.ufsc.br/

 

O mestrando pode realizar seu curso no exterior mantendo a matrícula ativa no PPGRI, Nesse caso, os prazos para qualificação e defesa não são alterados, devendo o mestrando concluir o curso na UFSC em até 24 meses.

O mestrando pode também optar por trancar a matrícula no PPGRI durante seu período no exterior . Assim o vínculo com o PPGRI é mantido, mas a matrícula do aluno estará inativa durante o período do trancamento. Ou seja, nesse período o aluno não pode utilizar os serviços da UFSC nem cursar disciplinas. Ao final do período de trancamento, o aluno retoma sua matrícula no PPGRI. Os prazos para qualificação ou defesa de dissertação são acrescidos do número de meses do trancamento da matrícula. O aluno pode trancar a matrícula por no mínimo um semestre, no máximo dois semestres. O trancamento não pode acontecer nem no primeiro semestre do mestrado, nem no último. As solicitações de trancamento são apreciadas e decididas pelo Colegiado do PPGRI, que leva em conta as motivações do mestrando, o interesse dessa formação no exterior para sua pesquisa e o tempo médio para conclusão das dissertações no curso. O formulário de solicitação de trancamento está disponível nesse site, na aba “Formulários”.

Em todos os casos, é altamente recomendável uma conversa com o orientador para definir os caminhos e rumos do projeto no exterior em vinculação com o projeto no PPGRI.